Qual a diferença entre a memória RAM e a memória Virtual ou Swap?

De Wiki
Revisão de 19h13min de 3 de novembro de 2016 por Ayslan (discussão | contribs)

(dif) ← Edição anterior | Revisão atual (dif) | Versão posterior → (dif)
Ir para: navegação, pesquisa

Memória RAM

É a memória física utilizada pelo Sistema Operacional (S.O.) para armazenar os dados das aplicações e serviços que são processados. Para que o servidor tenha desempenho adequado, é preciso configurar memória RAM suficiente para atender à demanda.

Memória Virtual / Memória Swap

As memórias Virtual e SWAP são equivalentes, sendo que a primeira é a nomenclatura dada para o S.O. Windows e a outra para o S.O. Linux.

Esta memória funciona como uma extensão da memória física. Fica armazenada no disco do servidor e é utilizada quando há esgotamento da memória RAM.

Como a velocidade de acesso ao disco é menor de que o acesso à RAM e está sujeita ao limite de IOPS (operações de escrita e leitura por segundo) do cloud server, o uso da memória Virtual/Swap acarreta grande lentidão no acesso ao sistema.

É importante evitar que seu servidor use a memória Virtual/Swap com frequência. Caso isto esteja ocorrendo, é sinal que as aplicações em execução precisam ser revisadas e otimizadas ou que está na hora de realizar um upgrade de memória para atender o aumento da demanda.

Verificação do uso de memória Virtual/Swap

Para uma análise detalhada do uso de memória Virtual/Swap, siga os passos abaixo:

1. Acesse o Painel do CloudFlex através do endereço http://console.cloudflex.com.br;


2. Em "Status dos Cloud Servers", clique sobre o ícone correspondente ao cloud server desejado ou utilize a ferramenta de pesquisa;
Status CF.png


3. Em “Recursos do Cloud Server”, clique em “Ver detalhes” abaixo do recurso Memória Virtual/SWAP.
Cor21.png


4. Será exibido o gráfico de “Memória Virtual/SWAP” de seu cloud server.
CFdiff2.png


NOTA: Caso deseje alterar o modo de exibição dos dados de gráfico para tabela ou o período selecionado, role até o topo da página. Após as alterações desejadas, clique em “Gerar Relatório”.
CFanalise01.png


Análise de memória Swap alocada no Linux

Nos sistemas operacionais Linux, uma vez que a memória swap é alocada, ela permanece neste estado até que o sistema necessite de realocação ou o servidor seja reiniciado. Por isso, é importante identificar se o seu servidor está usando constante e ativamente o swap ou se houve uso pontual desta memória.

Para identificar o uso em tempo real da memória swap você pode executar o comando “vmstat 1” e observar as colunas swapin e swapout (si e so) que serão atualizadas a cada segundo:

CFdiff03.png


Se os valores forem constantemente diferente de 0 (zero) é sinal que há paginação de dados na memória swap, neste caso você deve analisar o consumo de memória do seu servidor para identificar a demanda e corrigir o problema. Veja como fazer isso em Como analisar o consumo de memória do CloudFlex?.

Caso tenha ocorrido uso pontual do swap, você pode verificar em que momento ocorreu através do comando “sar -S” e observar principalmente a coluna %swpused que apresentará o percentual de consumo:

CFdiff04.png


No exemplo acima é possível identificar que houve consumo crescente do swap (0,00% > 0,07%) durante o período exibido.